Bem-vindo às Nações Unidas. Este é seu mundo!

RIO+20 The Future We Want

RIO+20 the future we want

O que é sustentabilidade?

A população mundial, hoje em 7 bilhões de pessoas, deverá chegar a 9 bilhões em 2050. A demanda por recursos naturais, que se tornam cada vez mais escassos, só aumenta. A desigualdade econômica só faz aumentar. Sustentabilidade exige um padrão de vida decente para todos hoje, sem comprometer as necessidades de gerações futuras.

E isto significa encontrar melhores formas de agirmos. Como por exemplo:

A solução destes desafios é um impulso inicial para a construção do futuro que queremos.

Dados detalhados da ONU

Encontrar soluções sustentáveis é essencial para o trabalho da ONU. Disponibilizamos aqui análises de políticas e comentários sobre sustentabilidade, sempre a partir de material produzido pela ONU.

Relatório de Desenvolvimento Humano 2011

photo of Human Development Report cover

A sustentabilidade está irremediavelmente ligada às questões básicas de igualdade – ou seja, equidade, justiça social e maior acesso a uma melhor qualidade de vida, de acordo com o Relatório de Desenvolvimento Humano 2011, do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Este relatório chama por ações urgentes com o objetivo de reduzir o ritmo das mudanças climáticas, evitar maior degradação do planeta e reduzir as desigualdades, já que a deterioração ambiental ameaça reverter progressos recentes de desenvolvimento humano em relação à população mais pobre do planeta.

Algumas das conclusões do Relatório:

Relatório sobre Economia Verde

Photo of Green Economy Report cover

O Relatório sobre Economia Verde do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) demonstra que as economias verdes representam um novo mecanismo para gerar crescimento, empregos decentes, além de serem vitais para a eliminação de pobreza. Eis algumas das conclusões deste relatório:

Relatório sobre Sustentabilidade Global

O Painel de Alto Nível sobre Sustentabilidade Global do Secretário-Geral da ONU afirma em seu relatório “Pessoas Resilientes, Planeta Resiliente: Um Futuro Que Vale Escolher” que um futuro pelo qual vale a pena optarmos deve levar em conta os custos reais para as pessoas e para o meio ambiente.

O documento pede pela integração dos custos sociais e ambientais do mesmo modo como são os preços mundiais e as medidas de atividades econômicas. Exige também um conjunto de indicadores de desenvolvimento sustentável que vão além da abordagem tradicional do Produto Interno Bruto (PIB) e recomenda que os governos desenvolvam e apliquem um conjunto de objetivos de desenvolvimento sustentável que possam mobilizar a ação global e ajudar a monitorar o progresso. No total, são 56 recomendações para colocar em prática o desenvolvimento sustentável e integrá-lo às políticas econômicas o mais rápido possível.

Acesse outros documentos em http://www.onu.org.br/rio20/documentos/